"NÓS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA, NÃO QUEREMOS SER QUALIFICADOS E SIM OS MELHORES"

SUA PROTEÇÃO É A NOSSA PROFISSÃO

SUA PROTEÇÃO É A NOSSA PROFISSÃO

25 de abr de 2016

SEGURANÇA PRIVADA NO RIO 2016 PODERÁ USAR PMS E BOMBEIROS DE FOLGA



SEGURANÇA PRIVADA 

A segurança privada na Rio 2016, agora sob responsabilidade estatal, poderá se valer do trabalho de policiais militares e bombeiros do Rio no horário de folga, além de integrantes da Força Nacional de Segurança, que pertencem às PMs de outros estados. A proposta foi discutida na primeira reunião de trabalho do grupo que vai definir o novo modelo de ação, em substituição ao batalhão de 16 mil vigilantes privados que seriam contratados pelo Comitê Rio 2016 para as atividades nas 159 instalações olímpicas, de competição ou não.
O tamanho do contingente que fará a segurança de todo o evento ainda não foi definido. O motivo é justamente o impasse provocado pela nova diretriz de operação dentro das instalações olímpicas. O novo modelo foi acertado entre o Palácio do Planalto, o governo do Rio e a prefeitura no começo do ano, mas surpreendeu os operadores da segurança pública nos três níveis de governo, que deverão definir o tamanho do contingente até o final de abril. O plano de operação da PM do Rio, por exemplo, terá que ser revisado por causa da reviravolta na segurança privada. O estado acumula também a responsabilidade por toda segurança pública, inclusive no período dos Jogos.
Oficialmente, a explicação para o uso das forças públicas no interior das instalações olímpicas é o estouro do orçamento previsto com a vigilância privada, cujas despesas inicialmente calculadas variavam entre R$ 230 e R$ 250 milhões. Para evitar o aporte de recursos da União ao Comitê Rio 2016, o Ministério da Justiça recebeu a missão de coordenar toda a estratégia de segurança, seja pública ou privada, em parceria com estado e prefeitura do Rio. Reservadamente, policiais temem que a mudança atrase a implementação do plano de segurança nos chamados eventos-teste, que iniciam no segundo semestre de 2015.
Além do uso de PMs e bombeiros de folga e de membros da Força Nacional, o plano em debate para Rio 2016 envolve ainda o uso de recrutas do Exército e de guardas municipais dentro das instalações olímpicas. Se o contingente de servidores públicos não suprir a demanda, o Ministério da Justiça não descarta a contratação de empresas privadas. Do total de instalações olímpicas, 97% estão na cidade do Rio.
 Acreditamos que, ao final, teremos um planejamento operacional com o envolvimento de várias agências, cada uma com parte da responsabilidade. Nenhuma possibilidade está descartada - afirmou, após a reunião, o representante da Secretaria Extraordinária de Grandes Eventos do Ministério da Justiça, Cristiano Barbosa Sampaio.
Para se valer de PMs no horário de folga, o plano de segurança deverá utilizar uma regulamentação já aprovada pela Assembleia Legislativa do Rio, o Regime Adicional de Serviços (RAS), que permite o uso de servidores em operações privadas de interesse público. Ainda assim, se houver necessidade, uma nova norma legal poderá ser editada pela presidente Dilma Rousseff.
Outra previsão, que já conta com apoio dentro do grupo integrado de segurança para a Rio 2016, é o uso do regulamento de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) para que a segurança pública no Parque Olímpico de Deodoro, onde ocorrerão eventos como hipismo e canoagem slalom, seja feita pelo Exército. O parque está em área militar, que ficará sob responsabilidade do movimento olímpico durante a realização do evento.
O sistema público de segurança será posto à prova em dois eventos-teste ainda em 2015, ambos previstos para agosto: Hipismo e Remo. Ao todo, cinco eventos serão usados para testar todo o plano integrado de segurança, sendo que em 22 dos 44 torneios preparatórios para a Rio 2016 poderá ocorrer algum tipo de teste da segurança dos jogos, que envolve o policiamento, a defesa nacional e o serviço de inteligência.
Fonte: http://extra.globo.com

Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/rio/seguranca-privada-na-rio-2016-podera-usar-pms-bombeiros-de-folga-15672374.html#ixzz46seeTYsa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...