"NÓS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA, NÃO QUEREMOS SER QUALIFICADOS E SIM OS MELHORES"

SUA PROTEÇÃO É A NOSSA PROFISSÃO

SUA PROTEÇÃO É A NOSSA PROFISSÃO

9 de mai de 2010

DICAS DE PREVENÇÃO DA TUBERCULOSE, DENGUE E GRIPE A

SAÚDE
COMBATE À TUBERCULOSE O Brasil ainda está na lista dos 22 países que concentram 80% dos casos da doença no mundo, segundo um balanço divulgado pelo Ministério da Saúde no Dia Mundial da Luta Contra Tuberculose ( 24 de março). A boa notícia é que o país melhorou sua colocação no ranking, passando da 18º para 19º posição. Os índices da doença caíram de 38,1 casos, a cada 100 mil habitantes, para 37,4. O número de mortes também diminui de 4.823, em 2007, para 4.735, em 2008.
Porém, o índice de cura da doença ainda está longe do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) - 85%. O percentual brasileiro passou de 69% para 73% em 2008.
O estado do Paraná - Brasil registrou em 2009 2.320 casos novos de tuberculose (23,2 a cada 100 mil pessoas), segundo a Secretaria de Estado da Saúde. O estado com maior índice da doeça é o Rio de Janeiro. A incidência é duas vezes maior em homens do que em mulhere. Pode ser transmitida pela tosse ou espirro e afeta principalmente os pulmões.
FIQUE ATENTO - T0sse prolongada por mais de três semanas (com ou sem catarro), cansaço, emagrecimento, febre e suor noturno são sintomas de tuberculose.
COMBATE À DENGUE
Segundo o último boletim da Secretaria de Saúde, o Paraná já registrou 3.357 casos nessa temporada. As regiões oeste, norte e noroeste são as mais críticas. As cidades com maior número de casos absolutos são Foz do Iguaçu, Medianeira e Maringá estado do Paraná - Brasil.
FIQUE ATENTO - Não deixe acumular água parada em potes,garrafas, pneus usados, caixa'água e todo e qualquer recipiente o qual acumule água.
COMBATE DA GRIPE H1N1 e SAZONAL Com a chegada do outono e a queda das temperaturas, um novo ciclo da Gripe A se inicia. Os médicos acreditam que essa nova onda seja mais branda do que a do ano passado, mas os cuidados devem ser os mesmos. Além da vacina, a higiene é o principal meio de se evitar o contágio. Confira os cuidados básicos:
-Lave as mãos com água e sabão, quando não for possível use álcool em gel 70%.
- Evite tocar os olhos, boca e nariz após contato com superfícies.
-Não compartilhe objetos de uso pessoal.
-Cubra a boca e o nariz com lenço descartável ao tossir ou espirrar.
-Mantenha os ambientes arejados, com portas e janelas abertas.
Procure uma unidade de saúde mais próxima e confira o calendário de vacinação.
Matéria: Revista Vigilante em Foco
Publicado: http://segurancaprivadadobrasil.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...